sexta-feira, 16 de junho de 2017

Lanceiros negros

A nota do Piratini faz uma crítica dura ao deputado Jeferson Fernandes, PT,que chegou a ser preso e algemado ao obstruir pela força a ação autorizada pela Justiça (foto ao lado). “Não cabe a um deputado incitar o descumprimento da lei”, diz a nota, sem citar o nome do parlamentar. 

O Piratini tirou nota na noite desta quinta-feira para colocar sua posição diante do pedido de reintegração de posse do prédio da antiga sede do MP Estadual, invadida por ativistas do auto-intitulado movimento Lanceiros Negros. A invasão transformou-se em ocupação durante o governo Tarso Genro, que nada fez para liberar o prédio público.. O chefe da Casa Civil, que assinou o documento, disse que houve recusa de diálogo por parte dos invasores e que esta recusa teve “exclusivo interesse ideológico e político”.

As famílias que estavam no prédio foram retiradas na noite dessa quarta, após intervenção da Brigada Militar, que fez uso de bombas de gás lacrimogênio durante diversos momentos da ação, sempre que foi confrontada pela força física.

A Casa Civil salientou que os policiais estavam acompanhados por autoridades do Judiciário e criticou a reação:

- Lastimamos os acontecimentos gerados por quem tem o dever de cumprir e respeitar a lei, de não obstruir o cumprimento de decisões judiciais, e que, a pretexto de defender causas sociais, age para angariar dividendos políticos e midiáticos.

CLIQUE AQUI para ler a nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário